Sunday, March 26, 2006

Diário Gildo parte 2

23 e 24/03/2006
O coro que dei no dia anterior acabou por agravar o problema no diferencial da moto, que á tinha sido detectado no Chile. Na verdade o problema não é no diferencial e sim no acoplamento deste a roda trazeira. A moto começou a rebolar até na reta (estava com mais de 1cm de folga de um lado para o outro), mas como eu já tinha me informado que no máximo perderia a tração e que não existir o perigo da roda sair, continuei os restantes 1300km. até Buenos Aires nestes dois dias, tendo no começo tendo o cuidado de não ultrapassar os 120, depois os 130 e no final já de não ultrapassar os 160km/h. Realmente velocidade é uma cachaça e depois que vc começa acelerar, se acostuma com ela e quando esta a 120km/h pareçe que esta parado engarrafado em algum trânsito.

25/03/2006
Hoje sábado funcionou tudo perfeito. Quando cheguei na concessionária, já estavam me esperando com um diferencial novo a tempo de trocar no sábado mesmo, para não ter que ficar no domingo em Buenos Aires, aguardando a segunda-feira chegar. Tudo certo a não ser que a noite a moto passou a apresentar outro defeito, engasgando e morrendo toda hora no trânsito. Na estrada me parece que o defeito vai desaparecer, mas estou preocupado do problema se agravar. Agora não sei se sigo viagem ou aguardo. Buenos Aires é uma cidade maravilhosa para se divertir a noite, com ótimos restaurantes, bares discotecas, mas sozinho realmente não tenho ânimo de fazer nada.

1 Comments:

At 7:58 PM, Anonymous Julia Pinho said...

Homero, qndo vc chega no Rio? Eu, minha mãe e meu pai adoraríamos ver vc e conhecer a Monica! Liga pra gente! Beijos!!!

 

Post a Comment

<< Home